Início do Conteúdo

APRESENTAÇÃO

O programa de Mestrado Profissional em Pesquisa Clínica (MPPC) criado em 2016, tem como características principais a inserção da pesquisa clínica com a realidade da área da Pesquisa Clínica em nível local, regional e nacional.

A finalidade do programa é a formação qualificada de profissionais para atuação em projetos de pesquisa clínica, seja no âmbito acadêmico ou profissional, com ênfase em estratégias técnico-operacionais e com vistas à atuação e a disseminação do conhecimento na rede de saúde. Outro aspecto do curso é o de gestão da pesquisa, o que contribui para a formação de profissionais mais preparados tecnicamente para atuação eficaz nos serviços de saúde, uma vez que o escopo do curso transcende a especificidade da pesquisa abordando em parte a base teórico-conceitual da administração, da epidemiologia, das ciências da saúde e da contabilidade.

A proposta do programa de Mestrado Profissional em Pesquisa Clínica engloba a cooperação e o intercâmbio do ponto de vista acadêmico, pelo estabelecimento de parcerias com diferentes instituições de ensino, órgãos de governo e outras instituições privadas, visando a transferência de tecnologias, ações colaborativas em áreas de interesse de pesquisa, intervenção, extensão, ensino, pesquisa e eixos temáticos afins.



Edital 01/2020 MPPC de seleção de alunos retificado: clique aqui

Tabela de Análise do Currículo e a Declaração de Autenticidade: clique aqui

Para realizar a sua inscrição: clique aqui

tabela melhorada



Pós-graduação stricto sensu.

  • Modalidade: mestrado profissional.
  • Formato: curso presencial. (obs. devido à pandemia de COVID-19, no semestre 02/2020 as atividades ocorrerem na modalidade virtual. A depender da evolução, este período poderá ser estendido).
  • 18 créditos em disciplinas e estágio obrigatório (360 horas/aula), aulas quinzenais (sexta-feira e sábado).
  • Créditos adicionais para titulação: atividades de supervisão e elaboração/execução do trabalho de conclusão
  • Seleção anual, com análise curricular, entrevista presencial ou online e proposta de trabalho de conclusão

Para obter o diploma de mestre, o(a) aluno(a) deverá:

  1. Integralizar no mínimo 16 créditos em disciplinas e realizar o estágio obrigatório.
  2. Ter sua dissertação de conclusão defendida em sessão pública e aprovada por uma Comissão Examinadora.
  3. Completar o curso no prazo máximo de 24 meses, períodos letivos regulares.
  4. Apresentar certificado de proficiência em língua estrangeira.

 Acesse aqui o Regimento do Programa de MPPC


O valor total do investimento é de R$ 33.552,48 para pagamento em 24 parcelas mensais fixas, de R$ 1.398,02.

Para o pagamento integral do investimento à vista e antes do início das aulas, será concedido um desconto de 20% (vinte por centro), totalizando em R$ 26.841,98.


O Mestrado Profissional em Pesquisa Clínica conta com a infraestrutura disponível no hospital com destaque para:

O Centro de Pesquisa Clínica (CPC) inaugurado em 2009, tem como objetivo principal promover o desenvolvimento e a qualificação de estudos clínicos realizados na instituição, visando estabelecer diretrizes e políticas relativas à realização da pesquisa clínica como um todo. Nesse sentido, proporciona infraestrutura adequada ao desenvolvimento de todas as etapas de estudos clínicos e epidemiológicos, em consonância com as necessidades da saúde pública do país. Sua missão é gerar e divulgar conhecimento e incrementar a formação de recursos humanos na área de pesquisa científica em saúde, contribuindo para a inovação e o desenvolvimento técnico-científico na área da saúde, de acordo com os princípios éticos e o respeito ao paciente e à comunidade. Os objetivos estratégicos são apoiar grupos de pesquisa emergentes e consolidados, através da disponibilização de área física para realização de pesquisas clínicas, comprometidos com a produção de conhecimento e formação de recursos humanos; qualificar o nível de assistência quaternária à saúde do HCPA, por meio de incorporação de novas tecnologias. O Centro de Pesquisa Clínica é o local de realização dos projetos da área de Pesquisa Clínica. Está instalado em um prédio de 6 andares, com uma área física de 2.892m2. A estrutura do Centro de Pesquisa Clínica possui capacidade instalada para a realização de 1.100 consultas por mês.

O Centro de Pesquisa Experimental (CPE) promove a integração entre os diferentes grupos de pesquisadores e a racionalização de recursos de pesquisa. Disponibiliza infraestrutura completa para as atividades em laboratórios multiusuários e área física para o desenvolvimento de projetos específicos em laboratórios temáticos. Sua missão é gerar e divulgar conhecimento e incrementar a formação de recursos humanos na área de pesquisa científica em saúde, contribuindo para a inovação e para o desenvolvimento técnico-científico de excelência, observado os princípios éticos, o respeito aos pacientes, aos animais de pesquisas e à comunidade. Os objetivos estratégicos são realizar pesquisa experimental básica e aplicada, buscando inovação e desenvolvimento de tecnologia científica de ponta; racionalizar a utilização dos recursos necessários ao desenvolvimento de projetos de pesquisa experimental, disponibilizando, equipando e estimulando o uso de áreas físicas com estrutura multiusuário; desenvolver e aprimorar recursos humanos para pesquisa experimental; apoiar grupos de pesquisa experimental emergentes e consolidados, disponibilizando área física para instalação de laboratórios temáticos auto-sustentáveis, produtivos e comprometidos com a formação de recursos humanos em pesquisa e otimizar o nível de assistência quaternária à saúde do HCPA, por meio de incorporação de novas tecnologias. Centro de Pesquisa Experimental tem laboratórios temáticos e compartilhados: Unidade de Pesquisa Laboratorial (UPL), Unidade de Experimentação Animal (UEA) e Centro de Terapia Gênica (CTG).


As disciplinas estão conectadas às linhas de pesquisa desenvolvidas no mestrado, sendo que devido à multidisciplinaridade inerente à pesquisa em saúde, algumas disciplinas têm caráter transversal, abrangendo mais de uma linha de pesquisa. conforme relatado abaixo:

  1. Bioética e Pesquisa em Saúde: abrange estudos que visam investigar diferentes aspectos éticos relacionados com a área de pesquisa em saúde. Esta linha é embasada pelas disciplinas de Bioética e Pesquisa em Saúde, Pesquisa Clínica e Direito e Gestão da Qualidade e Boas Práticas Clínicas.
  2. Desenvolvimento de Dispositivos Médicos: contempla o desenvolvimento de novas tecnologias, em especial, equipamentos e dispositivos biomédicos, bem como, a proteção da propriedade intelectual. As disciplinas relacionadas a esta linha são Gestão de Inovação e Tecnologias em Saúde, Medicina Baseada em Evidências e Ferramentas de Busca em Base de Dados e REDCap.
  3. Epidemiologia Clínica: voltada a aplicação dos principais conceitos e raciocínios em epidemiologia alinhados à prática em pesquisa, planejamento e desenvolvimento de ensaios clínicos. Esta linha se relaciona às disciplinas Fundamentos de Epidemiologia, Fundamento de Bioestatística, Ferramentas de Busca em Base de Dados e REDCap e Planejamento e Delineamento de Ensaios Clínicos.
  4. Gestão de Pesquisa em Saúde: contempla o desenvolvimento de sistemas de informação e metodologias de planejamento aplicados à gestão da pesquisa em serviços de saúde. Investigar métodos de planejamento, monitoramento e avaliação (indicadores gerenciais, de qualidade e produtividade) de ações e serviços de saúde. Esta linha é embasada pelas disciplinas Planejamento e Gestão Administrativa da Pesquisa Clínica, Gestão Financeira da Pesquisa Clínica, Gestão de Processos e Ferramentas de Busca em Base de Dados e REDCap.
  5. Tópicos Específicos em Pesquisa Clínica: abrange estudos voltados à qualidade de práticas e processos em saúde e à avaliação de tecnologias em saúde. Esta linha é referenciada pelas disciplinas Avaliação de Tecnologias em Saúde, Medicina Baseada em Evidências, Gestão da Qualidade e Boas Práticas Clínicas e Escrita Científica aplicada à Divulgação e Captação de Recursos.

Os projetos de trabalho de conclusão dos discentes são submetidos através da Plataforma Brasil para apreciação do Comitê de Ética em Pesquisa do HCPA e das suas instituições de origem, como forma de qualificar ética e metodologicamente os projetos e produtos desenvolvidos no MPPC.


O corpo docente é composto por uma equipe interdisciplinar que reúne diferentes expertises, como professores da UFRGS com produção acadêmica e experiência de pesquisa e/ou profissional na área de pesquisa clínica; por profissionais contratados do HCPA com experiência mínima de 5 anos no desenvolvimento da estrutura e organização dos serviços de pesquisa clínica em instituições públicas e pesquisadores do HCPA, doutores, com produção acadêmica e experiência de pesquisa e/ou profissional na área de pesquisa clínica.

Entende-se que este perfil multidisciplinar atende às demandas e objetivos propostos pelo programa, com vistas a alcançar uma formação ancorada em um treinamento prático e que qualifique os alunos para proposição e liderança de mudanças em suas instituições.

Docente Permantes

Bruna Pasqualini Genro

Carisi Anne Polanczyk

Caroline Nespolo De David

Elizabeth Obino Cirne Lima

Eneida Rejane Rabelo da Silva

Fernanda dos Santos de Oliveira

Gabriella Rejane dos Santos Dalmolin

Gilberto Schwartsmann

Guilherme Becker Sander

Jorge Almeida Guimaraes

Jose Roberto Goldim

Leila Beltrami Moreira

Marcia Mocellin Raymundo

Marcia Santana Fernandes

Paulo Roberto Stefani Sanches

Rafael Leal Zimmer

Sandra Cristina Pereira Costa Fuchs

Ursula da Silveira Matte

Vania Naomi Hirakata

Docente Colaboradores

Ana Helena Garcia Pinho

Eduardo Pandolfi Passos

Flavio Danni Fuchs

Isabel Cristina Echer

Jeruza Lavanholi Neyeloff

Luiz Fernando Calage Alvarenga

Maria Angelica Pires Ferreira


O Mestrado Profissional em Pesquisa Clínica está constituído por disciplinas obrigatórias, optativas, trabalho de conclusão e outras atividades de enfoque teórico-prático, para a conclusão do programa em, no mínimo, três semestres.

  • Bioética e Pesquisa em Saúde
  • Escrita Científica aplicada à Divulgação e Captação de Recursos
  • Ferramentas de Busca de Base de Dados e REDCap
  • Fundamentos de Bioestatística
  • Fundamentos de Epidemiologia
  • Gestão Financeira da Pesquisa
  • Gestão da Inovação e Tecnologias  em Saúde
  • Gestão da Qualidade e Boas Práticas Clínicas
  • Gestão de Processos
  • Gestão de Serviços em Pesquisa: Enfermagem e Hotelaria
  • Introdução à Avaliação de Tecnologias em Saúde
  • Medicina Baseada em Evidências
  • Pesquisa Clínica e Direito
  • Planejamento e Delineamento de Ensaios Clínicos
  • Planejamento e Gestão Administrativa da Pesquisa
  • Seminários de Pesquisa: desenvolvimento de produtos e Design

 

 Calendário 2021 (1° semestre)

Março
12, 13, 26, 27

Abril 09, 10, 23, 24

Maio 07, 08, 21, 22

Junho 11, 12, 25, 26

  Calendário 2021 (2º semestre)  

Agosto 06, 07, 20, 21

Setembro 03, 04, 17, 18

Outubro 01, 02, 15, 16

Novembro 12, 13, 19

  Calendário 2022 (1º semestre)  

Datas a definir 

Total:  créditos ( horas/aula) 

 Horário das aulas:

Sexta-feira: das 8h às 12h e das 13h30 às 17h

Sábados: das 8h às 12h e das 13h30 às 16h30

Cronograma das aulas: clique aqui

OBS.: as datas são definidas considerando o deslocamento de alunos de outras cidades e regiões. Os créditos em disciplinas e estágios são realizados ao longo de, no mínimo, três semestres.
* planejamento sujeito a alterações no decorrer do curso, conforme necessidades do programa.

ATENÇÃO: Devido ao contexto atual, relativo à pandemia de COVID-19, este calendário e a proposta de horários poderão sofrer alterações no decorrer do semestre, conforme necessidades do programa. Também poderão ser ofertadas disciplinas extras, em datas alternativas.


Local das aulas: as aulas presenciais (se houver) ocorrerão no CPC do HCPA ou no prédio do anexo B.

E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.