Início do Conteúdo

Uma ação especial da Secretaria Estadual da Saúde, Serviço de Referência em Triagem Neonatal do Hospital Materno Infantil Getúlio Vargas e Serviço de Genética do Hospital de Clínicas de Porto Alegre (HCPA) permitiu que o exame do Teste do Pezinho de um bebê nascido na última sexta-feira em Pelotas chegasse a tempo em Porto Alegre para ser avaliado. O exame permite que seja feito um rastreamento genético desta criança, cujo irmão tem uma doença rara chamada Fenilcetonúria e que ele pode ter também.

O tratamento para esta doença existe, mas precisa ser feito no primeiro mês de vida para evitar convulsões e prejuízos no desenvolvimento mental. A chegada deste exame a tempo foi fundamental para poder avaliar e, se necessário, iniciar imediatamente o tratamento do bebê. Foram parceiros da ação a Força Aérea, que trouxe o exame de Pelotas a Canoas, onde a equipe do HCPA e com apoio de moradores de Cachoeirinha trouxeram o material ao serviço de referência em triagem neonatal do RS, no Hospital Materno-Infantil Presidente Vargas, onde será analisado. O HCPA é referência no atendimento de doenças raras no Estado.

whatsapp_image_2024-05-08_at_15.02.48.jpeg