Início do Conteúdo

A partir desta segunda-feira, 21 de setembro, a estrutura assistencial do Hospital de Clínicas de Porto Alegre abre mais espaço para atender pacientes não covid. No final de agosto, o hospital já havia iniciado um movimento para retornar alguns leitos de enfermaria a pacientes com outras doenças. E, a partir desta semana, mais áreas que estavam destinadas à covid-19 estão sendo liberadas para receber outros pacientes. No total, são 32 leitos que agora estarão destinados para as demais doenças.

Também, há mudanças nos leitos críticos. Ao longo da semana, 13 leitos do CTI-Covid serão redesignados, liberando recursos físicos e humanos para que outras atividades assistenciais não covid, como procedimentos cirúrgicos - incluindo transplantes -, sejam priorizadas.

Esses ajustes, feitos em consonância com a Secretaria de Saúde de Porto Alegre, são possíveis porque as unidades de internação dedicadas aos pacientes com coronavírus apresentaram leve redução de demanda, seguidas de estabilidade de ocupação nos últimos dias.

O objetivo é retomar a assistência em algumas áreas, pouco a pouco e com responsabilidade. O hospital manterá 50 leitos de enfermaria e 92 críticos (quatro na Emergência e 88 no CTI) dedicados ao atendimento de covid-19, e segue monitorando os números para que, caso necessário, novos ajustes sejam feitos.