Início do Conteúdo

O Hospital de Clínicas de Porto Alegre concluiu, na quarta-feira (15), a instalação de mais 12 leitos de terapia intensiva para atendimento a casos graves de covid-19, totalizando, até agora, 93 leitos. Com o recurso de R$ 57 milhões do Ministério da Educação, remanejamento de áreas, equipamentos e profissionais, o hospital começou a disponibilizar leitos emergenciais em março e, desde 2 de abril, vem implantando seu novo Centro de Terapia Intensiva (CTI) no Bloco B, um dos prédios concluídos no final de 2019.

Nesse período, também já foram contratados 645 profissionais temporários para as vagas liberadas pelo Ministério da Economia e foram convocados voluntários. Apesar de todos esses esforços, a capacidade pode não ser suficiente para atender à demanda, que não para de crescer. A ocupação dos leitos de CTI tem ficado próxima aos 100% e o aumento de profissionais infectados fragiliza a força de trabalho do hospital. Dos cerca de 6 mil trabalhadores, até o momento 409 testaram positivo para a covid-19 e, destes, 191 seguem afastados das atividades por causa da doença.

equipe atendendo paciente no cti